top of page

Você está na meia idade?

Poucos são conscientes das passagens da vida e seus desafios: juventude é subir uma colina e a meia idade( 45 aos 59 anos)é chegar em um vale!


Quem está no Outono da vida, ou já perderam seus pais ou estão cuidando deles, isso pode para alguns ser um fardo, porem para os mais nobres é um privilégio.


O auto conhecimento é maior e normalmente a harmonia consigo mesmo aumenta a potencialidade e a integração, deixando os dias mais prazerosos.


Para a Medicina Tradicional Chinesa essa fase corresponde ao Elemento Terra, pois trata-se do período mais sólido, consistente e estável. Nessa fase da vida podemos ter equilíbrio das energias, estabilizar o “modus operantis” da mente e essa calma entre a mente e o coração traz equilíbrio.


A Ponderação é o equilíbrio do externo e interno, do Yin e do Yang ocorrem porque reavaliamos o que vale a pena e o que não vale: status, vaidade...

Pessoalmente neste ano tive muitos convites: Programa de Rádio, Palestras, Clinicas, Doutorado... e a recusa de muitos desses convites trouxeram satisfação, já que a fase de excitações e desafios já passou.


Hoje é melhor reservar as energias e comprometimento com o viver bem e conservar a saúde. Valores mais internos compensam mais que recompensas extraordinárias e um movimento fugaz e fútil.


Saímos das armadilhas das competições, de relacionamentos superficiais, masoquistas e convencionais, evitamos os aplausos dos desconhecidos, assim como tudo aquilo que tem haver com o ego, movimento de massa e coletivo.


Passamos a ser regidos pelos que ativa a reflexão e evolução, independente da aceitação dos próximos e de familiares.



Distrair é substituído pelo fazer com as mãos, não “matamos tempo” com excessos: TV, séries, academia... escolhemos a mente plena, o Mindfuness e o Pilates. Adquirimos perspicácia e olhamos além do óbvio.


É claro que terão aqueles atrasado que ainda se perdem, não se estabilizaram, ainda não acharam um ninho, objetivo ou pares ideais. Já que ainda acham que precisam de par para terem segurança ou paz.


Reavaliamos as atitudes em relação ao dinheiro e a vida, assim como a espiritualidade e não aceitamos; rituais, mentiras e hipocrisia. A religação com o Dador da vida vai além de tradição ou ambição e muito menos com atitudes ditadas pela mídia: filmes e novelas.


A satisfação com a vida aumenta, as culpas já foram resolvidas, os amigos verdadeiros permaneceram e a contemplação da vida acontece com uma ótica mais simples e realista.


Termino com a frases de dois sábios:

Quem dirige a mente é o coração, as lembranças da mente são chamadas de pensamento, ao direcionamento do pensamento denomina-se intenção, vontade. A vontade plena faz surgir o raciocínio profundo, do raciocínio nasce a reflexão. E da Reflexão surge a SABEDORIA”- Imperador Amarelo


Feliz o homem que acha a sabedoria e o homem que obtém discernimento.” Rei Salomão

53 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page