top of page

O ANO Começou...

Muitas pessoas com pensamentos estagnados pelo orgulho, preconceito, alienação, desatualização ou problemas de ordens emocionais e não estão fazendo a vida acompanhar o ritmo da rotação da Terra, as horas, dias e anos passam e alguns ficam lá atrás. Quando se pensa muito e age pouco isso se transforma em preocupação e ansiedade, e alguns só planejam e não agem. Pior ainda são aqueles que se deixam levar por caminhos que não escolheu: viver histórias que não são suas; trabalhar em algo sem significado para você; viver a vida de forma autônoma, sem desejo, sem esperança, sem entusiasmo.


O que é um propósito? Qual é o seu propósito na vida? Será que saber o propósito

é importante ou apenas uma conversa de profissionais de coaching? Propósito vem

do latim proponere: pro, adiante, colocar à frente, e ponere, colocar, pôr. Propósito

significa pôr adiante, algo que vem na frente. Nunca em tempo algum se falou tanto

da importância do propósito na vida das pessoas e das empresas.



Muitas pessoas estão aprisionadas em empregos torturantes, realizando trabalhos que

não gostam, sem nenhuma visão de crescimento e de carreira. Muitos colocam-se no

mercado de trabalho como um produto ou serviço sem valor, como uma peça de uma

enorme máquina, e passam anos e anos como seres autônomos, guiados pelo destino.

Vivem queixando-se e olhando os poucos “sortudos” que fazem o que gostam e são

bem remunerados por isso.


Pior do que esse que são “zumbis” funcionais tem aqueles que a depressão é tão mobilizante que paralizaram a vidas a décadas e não estudam, não empreendem, não trabalham, não malham, não pensam, não amam, não se dedicam a NADA e desejam mudanças, acolhimento e cuidado do universo.


O ano começou e ele pode ser como os outros ou diferente e só dependerá de você. Repense seu movimento e sua direção, no caso da empresa o sentido dela e para onde ela vai, no caso da sua saúde como ficará caso você continue comendo o come, com seu sedentarismo que e outros hábitos, assim como sentimentos negativos, rancor, raiva, ressentimentos...


Como alguém pode mudar, sem precisar adoecer, chegar no famigerado “fundo do poço”? Para de ser um voyeur digital(viciado em redes sociais)? É ridículo o excesso de exposição das pessoas, além de imaturo. Olhe para você e reveja suas origens e principalmente seus valores.


São os valores que irão nos guiar nas escolhas que fazemos em nossa vida. Para que possamos definir corretamente nosso propósito, é importante que pensemos em como fazer nossas escolhas, o que nos dá prazer e tem significado para nós, o que nos move. Por meio desta reflexão sobre o nosso padrão de comportamento e de decisão, poderemos identificar o nosso propósito pessoal e profissional.

12 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page