top of page

SERÁ que você é BIPOLAR?!

O GRUDA Grupo de Estudos de Doenças Afetivas do IPQ-USP com avançados estudos traz dados alarmantes!!! Metade dos casos diagnosticados como Depressão trata-se de Transtorno Bipolar.


A diferenciação e polemica foi argumentada em base de estudos Europeus e diferente do DSM-5 da Associação Americana de Psiquiatria temos, incluo meu parecer, que rever o diagnóstico de muitos pacientes com Depressão Recorrente, Ansiedade Generalizada e TDAH.


A dificuldade de diagnóstico do Transtorno Bipolar ocorre por várias questões:

1) Por ser geralmente sintomas mistos: a pessoa tem desesperança, auto-condenações, invalidações pessoais, mas alguns dias uma agitação e energia mental (planos, idéias, desejos).Sintomas sujos e contaminados, não explícitos..complexa mistura. Na fase de pouca energia ocorre um "esvaziamento do Ego" podendo ter: Ataque de Pânico, Fobia Social e Síndrome do Pânico.


2) É mascarada: O excesso de vícios(jogos, internet, trabalho, séries...), consumismo, álcool prevalece, maconha...dificuldades financeiras, troca de emprego, perspectiva, muitos cursos, a pessoa parece produtiva, “toca a vida”-sic, faz concursos...


3) Confundida com Depressão: A Depressão simples possui vários estágios, no caso do TB Transtorno Bipolar há o unipolar quando o paciente está no espectro depressivo apenas e eventualmente ou uma unica vez “virou” ficou ativo e entrou em hipomania ou em caso extremo mania(euforia).


4) Esteriótipo de Filmes: a Mídia em filmes e novelas descreve o Bipolar como sendo alguém que se transforma em duas pessoas. O mania é na verdade ´um problema cerebral e recurso comportamental: energização mental e física, épocas de mais agitação, muitas iniciativas, viajar demais, inquietude, comer por ansiedade, consumo de álcool para se curar e alívio, fumar demais, querer muitas coisas(sem ter rota para execução dos projetos), ou pior ainda radicalismo, insatisfação, crítica , irritabilidade, falta de sono, aflição interna,pensamento acelerado, desassossego, compulsões.... Dificuldade de concentração, fazer várias coisas ao mesmo tempo também são traços de mania.


Na adolescência aparece como sendo "Adolescente rebelde", muito irritado, com quadro mistos, a noite muita inquietação e dificuldade para dormir, troca a noite pelo dia, não consegue parar em casa, tenho que ir para o cinema, balada, internet... e de manha dorme, passa o final de semana dormindo, é confundido com “vagabundagem”, muitos gastos, instabilidade de humor, muito sensível, aumento de presentes, libido, tatuagem... problemas de impulso.


A prioridade, quer no adolescente como no adulto, é o alívio de angústias e mudanças: escola, cursos, lugares que frequenta, turmas, emprego, bairro, cidade... são ações eliminatórias de desligamento, que se manifesta por negatividade característica, ligada ao auto-abandono, à inércia, á imobilidade, ao amortecimento e ao embotamento mental. O paciente geralmente fica em estado de estupor, suspenso no vazio, devaneando, dormindo ou vendo televisão. Desligado da realidade, parece não haver ninguém no comando de sua vida.


Não foi o ambiente que o moldou, segundo a Dra. Doris H. Moreno do GRUDA é 80% a 85%. heretitário, é óbvio que a pessoa teve pais negligentes, ausentes, enrolados financeiramente, instáveis, briguentos, alcoólatras... mas o determinante é genética.


Psicanálise Compreensiva:

A Bipolaridade para Walter Trinca parece como um forma de sistema mental determinante caracterizado pela rotatividade de períodos calmos e outros mais agitados, tudo para manter o contato de distanciamento com o Ser Interior. A pessoa possui uma constelação de inimigos internos:culpas, invalidações, arrependimentos, auto-criticas sobre ela mesma e a mania aparece para camuflar esse mal estar.


A palavra Mania vem do derivado “furor” e aparece ao longo da vida, furor, euforia e movimentos, não necessariamente “loucura” ou euforia, é raro. A pessoa fica mais irritada e a atividade mental é o ponto chave. Justificativas como: “Meu chefe é pior que eu”, a pessoa fica irritada, crítica e sai do emprego, ideias de grandiosidade, muitos planos, pressa, crescem as encrencas e inquietações, assim como provocações as pessoas, vê muito mais os defeitos dos outros e se incomoda como isso, ideias novas, entusiasmo aumentado, humor expansivo e grave com consequências.


Freud já havia apontado que a mania é uma via de escape á depressão. É na verdade um efeito da ação eliminatória, desligamento da profunda solidão.Em vez de desistência do processo de viver o paciente experimenta um recrudescimento excitatório, que pode levar a construção delirante, perincipalmente se for motivada pela busca de prazer infinito e de poder absoluto. Busca desesperada por companhia e companheiros(as), namoro, pares, casamento, sexo...por essa razão Press(1997) pode afirmar que a mania é uma excitação é um estado febril, que são desprovidos de objetos e conteúdo ou são centralizados na realização de propósitos concretistas e imediatistas.


O paciente sente ter tudo ilimitadamente e ser tudo infinitamente: o poder é absoluto e o prazer inexaurível, criando por conta própria seus delírios no qual tudo pode e tudo é possível, sem pensar em consequências, mudanças drásticas de cidade, e sentido são traços de em alguns casos de sentimento de onipotência do estado maniaco.


Como a realidade é desprovida de valor, justamente porque frustra e faz sofrer: portanto não valeria a pena se apegar ao real, na verdade a mania é um ódio a realidade, seja interna ou externa.


Esse movimento inicia-se na infância, na adolescente reaparece e na fase adulta se insta-la e ressurge de de tempos em tempos. Períodos a períodos. O olhar longitudinal é fundamental. Tenho amplo material sobre o assunto e lamento dizer que a condução de tratamento de TB com antidepressivos, ou ansiolíticos é insuficiente. O ideal são anticonvulsivantes, estabilizadores de humor e pelo modelo endofenótipos. Litio na Depressão


com risco de suicídio, antes disso há muitos outros recursos e é lógico o tratamento Psicoterapeutico, já que lidar com a vida exige muita conversa!!!


Sônia Augusta

Psicóloga Clínica

11 99483-6799 WHATS

82 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page