top of page

COMPULSÕES

Mais do que um simples desejo incontrolável para fazer algo, a compulsão é um escape, apresenta-se como necessidade, recurso impensado para alívio de tensão e pressão interna. Sendo acionado por ansiedade, sensação de vazio, tristeza e baixa auto estima.

A pessoas é tomada por desejo muito forte de realizar uma ação que gera prazer principalmente nos estágios iniciais, mas que depois provoca sentimento de culpa e mal-estar.


Homens: está mais ligada a Álcool, Droga, Sexo, Trabalho, uso exagerado do Computador, jogos e a Comida um pouco menos. Atualmente a Vigorexia que é o fato de o indivíduo estar em ótima forma física e continuar achando que seu corpo é inadequado, insatisfação constante como sua performance física...


Mulheres: Compras, Comida, Limpeza,Cleptomania, e atualmente Jogos de Computador e a Ortorexia que é Cuidar muito da alimentação, com vigilância, regulação extrema, dietas radicais e o vício por alimentos saudáveis.


Homens e Mulheres: Ecdemomania = Desejo, considerado fora do normal, de estar longe de casa; vontade patológica de perambular longe de casa; obsessão por viagens; fugir de casa. Também conhecido como Dromomania ou “Doença do Viajante”, já é uma condição médica para pessoas que sentem um forte desejo e impulso em viajar para bem longe de tudo.


Origem: Estrutura psíquica, ambiente familiar, dificuldade de expressão, já que ocorreu eventos na vida,infância e adolescência, onde não ocorreu ajuda psicoterapêutica.


Resultado: Alteração no cérebro ligada


à liberação de um neurotransmissor chamado dopamina, que é responsável pela sensação de prazer. Ele faz com que a pessoa, por susceptibilidade biológica ou sociocultural, ao entrar em contato com determinado comportamento ou substância, associe tal estímulo ao prazer e bem-estar que está sentindo e que foi provocado pela maior liberação desse neurotransmissor.


Tendo achado um modo para aliviar a ansiedade e mal estar, o repete muito tal comportamento ou o uso da droga,comida, jogos, sexo, exercícios, dietas...compras...e a ação da dopamina se esgota, se esvazia rapidamente.


Na verdade o Compulsivo ele sempre foi exagerado, tudo dele é 8 ou 800 e tudo o que faz, sente e se dedica, perfil perfeccionista, crítico que tenta por vezes ser melhor que os outros, mas que no fundo esconde um sentimento de inferioridade. É vitima do social ele mostra a imagem de enaltecido e realizado, porém no fundo um buraco aberto e sem fim.


Os Shoppings, Industrias de Tecnologias , Agencias de Viagens, Academias 24 horas, Supermercados, Restaurantes...e o mundo parece moldado para dar ao desesperado, sanar seu imediatismo. A sociedade traz justificativas na cultura para os sintomas e compulsões patológicas.


Quem não sustenta a satisfação e desconhece o contentamento, torna-se escrava(o) de suas compulsões e se sente mal e precisa repetir com mais frequência o estímulo externo para manter minimamente os níveis de dopamina no sistema cerebral de recompensa. Ocupar o vazio desta forma tem um prejuízo na saúde, família, relações sociais e nas finanças.


O eterno(a) insatisfeito é traído por seu desejo errante, por seu exagero, por seus prejuízos, por sua fuga e pensamentos fixos intermináveis e incessantes.

Tem cura? Sim. Um tratamento Psicoterápico, Medicina Interativa, Terapia Alternativas e medicamentos apropriados.


Sônia Augusta

Whats 11 99483-6799

​​SML

34 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page