top of page

A função da psicoterapia

Os conflitos não resolvidos nos remetem a uma variedade de desordens que podem ir desde uma simples fadiga até graves desestruturações o campo dos distúrbios psicóticos, cuja descompensações influencia a pessoa em todas as esferas da vida.


Uma vida permeada por conflitos não resolvidos é um devastador desperdício de energias humana, ocasionando não apenas pelos próprios conflitos, mas igualmente por dos esforços tortuosos para dele se desvencilhar. Se uma pessoa estiver “intrinsecamente dissociada, jamais pode dedicar integralmente suas energias a coisa alguma, querendo sempre atingir duas ou mais metas incompatíveis. Isso quer dizer que ela dispersará suas energias ou frutará ativamente seus esforços.” (Horney, 1984).


Quando mais nos afastamos de nós mesmo, mais desgovernado fica o nosso mundo interno, mais fissuras vão se abrindo em nossa personalidade, mais inflexíveis nos tornamos, e portanto, mais dificuldades teremos para resolver os nossos problemas e para enfrentar os obstáculos da vida.


Os sintomas aparecem e a vida vai ficando cada vez mais truncada, mas, enquanto não percebemos o mal que os nosso conflitos internos causam á nossa personalidade, a necessidade de resolvê-lo ou de suprimi-los não pode nascer dentro de nós.


Somente a partir do momento em que aceitamos as nossas produções sintomatológicas podem estar acontecendo como resultado de um conflito intra-psíquico é que podemos permitir que a necessidade de desvendá-lo ou eliminá-lo se faça presente.


Essa necessidade deve brotar espontaneamente de dentro de nós mesmo porque os nossos conflitos só podem ser solucionados se nos permitir entrar em contato com o nosso mundo inconsciente,e para que isso ocorra, temo de criar


essa disposição interna para descobrir o inconsciente e tornar conhecido o desconhecido. Até que tudo se resolva, um certa medida de desestruturação emocional acompanha a pessoa nessa trajetória de autoconhecimento.


No trabalho psicanalítico a partir do momento que as camadas são descobertas e nos aproximamos da feridas psíquicas, o conteúdo dolorido e recalcado, é a raiz dos nossos problemas atuais, por não serem resolvidos absorvem energia do nosso aparelho psíquico, por isso dos sintomas de desequilíbrio.


Quem se conhece, ou seja, já se despiu é menos sobrecarregado emocionalmente, por isso mais disposto e apto a enfrentamentos,mudanças...e estresses.



Sônia Augusta

Psicóloga Clínica

16 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page