top of page

AMOR é possível?!

Começarei a abordar do ponto de vista da Psicanálise, em Mal estar da Civilização Freud fala do “sentimento oceânico”, ele admite que o recurso ao amor e viver tendo como centro esse sentimento a pessoa terá potencialmente mais “técnica para viver” e fugir do estado de infelicidade inerente a condição humana.


Um dos efeitos que percebo da falta de amor é a capacidade de separação, desunião, solidão e desamparo. As pessoas estão com medo de amar e sofrem com esse medo, Freud admite que algumas pessoas, a minoria, acham-se capacitadas a encontrar a felicidade no caminho do amor, mas é preciso modificações no interior da pessoa, desenvolvimento interior para amarem a si mesma e a todas as pessoas, a vida e natureza.


Quando há harmonia, cessa desconfiança, predomina sinceridade, esperança e força para abarcar ciclos da vida com serenidade; adolescência, fase adulta e o envelhecimento, já que o contato com o viver dá capacidade de crescimento, assim o comportamento será passivo a mudanças, novas idéias e terá força e vigor que é o combustível para o Bem Estar.


A definição de Amor superlativo para muitos escritores foram escritas por alguns livros de minha juventude; AMOR de Léo Buscáglia, Quem ama não adoece do Dr. Marco Aurélio Dias da Silva entre outros.


Contudo a Bíblia que traz as maiores definições de Amor e se aprofundar nesse estudo na Escrituras Sagradas fortalece a personalidade, dá fibra para lidar com adversidades, não se vingar, não retribuir o mal com o mal, perseverar, alegrar com a justiça, não matar, não se irar, contentamento, satisfação, perdão, se unir, perseverar, orar, dar e sempre se levantar e acreditar.


AMOR Une e o ÓDIO Separa, acredito e tendo manter um vínculo com um Deus de Amor, mas há o Deus do ódio que tem muitos adeptos atualmente.


Sei que infelizmente tem uma nova geração que está com partes do cérebro estagnado em algumas partes, pelo mundo virtual, e que tudo precisa ser literal, visual e físico.

Vou fazer um paralelo com duas forças da física.


Ódio = Radiação. A radiação pode provocar basicamente dois tipos de danos ao corpo, um deles é a destruição das células com o calor, e o outro consiste numa fragmentação (divisão) das células. As partículas radioativas têm alta energia cinética, ou seja, se movimentam rapidamente as celular deixando propensas a lesões e tumores, assim como danos no o DNA.


AMOR = Magnetismo. Atrai, une, impulsiona, ordena, cria corrente, protege(imanta) e dá força e movimento, define direções: polo negativo e polo positivo, revigora e tem reconhecimento positivo por todas as ciências: Física, Biologia, Eletrônica, Mecânica, Meteorologia, Astronomia... e Medicina tradicional e terapia alternativas.


Quis entender porque fui atraída a comprar franquias de Empresas que trabalham com linha terapêutica com produtos magnetizadas(Timol e Nippoflex), acho que agora para quem não via nexo pude explicar. Fazem bem!!!


Amo uma super frase de Jesus Cristo que aponta a importância de polaridades e definições:

Quem não está do meu lado está contra mim, e quem comigo não ajunta, espalha.” Mateus 12:30.


Sônia Augusta

6 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page