top of page

Ansiedade atual ou antiga?

Um adolescente em época de prova, mudanças de colégio, ao enfrentar um vestibular, ou o mercado de trabalho.

Um adulto em seus primeiros empregos, exposição ao público, em situações que são novas, riscos sociais, pouco dinheiro, medo do futuro...


Situações não faltam para que a Ansiedade seja disparada. O tema é tão antigo como a Psicologia. Freud teve sua primeira teoria fundamentada na Angustia= Ansiedade de 1890 a 1926. Lacan, Meline Klein todos os principais psicanalistas a estudaram e fundamentaram a Ansiedade.


Brilhantemente em Inibições, Sintoma e Angústia Freud diz:

O determinante fundamental da angústia automática é a ocorrência de uma situação traumática, e essência disso é uma situação de desamparo por parte do EU e um acúmulo de excitação, quer de origem interna quer externa, com que não se pode lidar. “


Para a Psicanálise o que causa ansiedade, ou angústia é a dificuldade de afluição da energia psíquica diante da vida, ou seja, o indivíduo mesmo “normal” = neurótico ele quando não consegue descarregar sua energia libidinal(pulsões), esse represamento terá consequência neurovegetativas que podem virem em forma de ataques(Pânico e muitos medos) ou adoecimento psíquico sendo refletido por sintomas como: fadiga, irritabilidade, cansaço, dores de cabeça , compulsões, indigestão, prisão de ventre, dores nas costas e problemas na coluna e o empobrecimentos da atividade sexual.


Toda momento de nossa existência é apara provar e provocar desenvolvimento e evolução, mas infelizmente alguns não conseguem lidar com a VIDA e suas vicissitudes, por isso de características de angústia. Uma promoção, um filho, um acidente, uma perda... não é para desmoronar, mas alguns se fragilizam e adoecem.


Outro problema ligado a ansiedade(angústia) é que se ela for alta ou excessiva, o Ego terá que combate-la e portanto permitir que os níveis de tensão interna voltem ao normal e não lhe causem desprazer, terá que desenvolver mecanismos de defesa, quando não se assume as fragilidades diante da vida , viver de imagem tirará a energia de crescimento e a pessoa bloqueada desse contato passa a ter uma aparência de poder, inteligencia, critica, julgamento, falácia ou vai para outro lado; imaginação, fantasia, dispersão e na verdade distanciando sua recuperação e enfrentamento da realidade.


Como esse processo defensivo envolve uma paralisação da energia, tanto a capacidade de adaptação do Ego quanto a flexibilidade ficam prejudicados e a inibição de desenvolvimento fará como a pessoa tenha muita dificuldade de enfrentar novas crises, provocando regressão, frustração e psicologicamente as aspirações e alvos da vida da pessoa passa a ter menos ambições, ela muda suas aspirações.

Sempre digo que quem não vai para frente, estaciona ou volta, sim regride.


Buscar menos é voltar para onde conseguiu lidar ou acha que ficará bem, ou seja a evitação de ansiedades inconscientes faz com que muitos;

Mude de profissão para uma menos exigente e complexa, ache uma parceiro(a) com menos qualificação social, emocional, financeira, acadêmica, espiritual... tudo vale para se ter controle.


Ou utilize de fantasia e passa a ter uma vida ligada a TV, Novelas, Seriados, Jogos, Rede Sociais... excesso de fantasias e ausência de foco são mecanismos de fuga da realidade e objetivos. Os adictos: Comida= Obesidade, Pornografia, Trabalho, Bebida, Drogas, Jogos de azar, Fumo... então a ansiedade e angústia assumem contemporaneamente muitas formas.


Como os sentimentos represados geram muita ansiedade e esse alto nível de ansiedade gera doenças, passamos o nosso tempo, a partir daí, não mais para viver o nosso presente produtivamente e para semear o nosso futuro, mas passamos a viver o nosso presente tentando curar doenças criadas por nos mesmos.


Olhe para dentro de si, será mais produtivo e mais eficiente para amadurecer a personalidade para lidar com a vida prazerosamente.


Sônia Augusta

Psicóloga Clínica

11 99483-6799 Whats

App

39 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page