top of page

ANSIEDADE 2


Seriam vários os pontos de vista a partir dos quais podemos tentar uma definição de Ansiedade. Um dos mais abrangentes e simplificados a define como “a sensação, às vezes vaga, de que algo desagradável está para acontecer” Segundo Melo Filho em seu livro Concepção Psicossomática.


Quem, na vida não terá em mais de uma ocasião padecido de uma sensação de ansiedade?Uma entrevista, um encontro, aprendendo a dirigir... Contudo o papel do estresse de preparar o organismo para o enfrentamento de situações sentidas como “perigo”, seja real ou imaginária, está ligado a conflitos internos que ameaçam o mundo exterior.


Em alguns casos a Ansiedade se agrava e chega a ser patológica. Prejudica desempenho profissional, sexual, social e acadêmico! O sofrimento não é só subjetivo a ansiedade passa a adoecer o corpo.


Inclui Sintomas FÍSICOS: Tensão; dores nas costas; Nervosismo; azia, náusea, diarreias, tontura; transpiração excessiva; taquicardia;gastrite e úlceras; pertubações menstruais e glandulares; asma, tuberculose; OBESIDADE; Hipertensão arterial; Infarto do miocárdio; doenças coronarianas;Artrite Reumática; Afonia;Gagueira;Acessos de tosse e soluços? Hipertiroidismo.

Sintomas PSICOLÓGICOS: Hiperemotividade, fadiga, stress;incapacidade para manter relações interpessoais estáveis e satisfatórias;irritabilidade e inquietação;dúvidas;insônia ou sono excessivo;temores ou fobias; Obsessões e compulsões;Amnésias;Alterações do Humor;Cóleras patológicas; Crises depressivas e Melancolias.


Vemos, então, que estes Sintomas, tanto psicológicos quanto físicos, aparecem, portanto como um enigma que simultaneamente atualiza, proíbe e encobre o conflito real e , embora sejam uma forma de solução para um problema que não está podendo ser encarado conscientemente, os sintomas, por conterem embutidos nele mesmos uma forte angústia, induzem o individuo não só a um esgotamento mas, sobretudo, a um sofrimento contínuo e cada vez maior.


Por isso devemos sempre estar atentos à satisfação de nossos desejos, de nossos sentimentos e de nossas vontades para que , em não acumulando frustrações, tenhamos, então, condições de enfrentar os obstáculos da vida de forma cada vez mais satisfatória, adequada, construtiva, produtiva e criativa.


Se estiver difícil controlar a Ansiedade, faça psicoterapia.





4 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page